Notícias UPF

MAVRS disponibiliza arquivo de Glauco Pinto de Moraes para consulta

  • Por: Texto: Thaiane de Almeida
  • Fotos: Divulgação

Biografia e obras do artista passo-fundense estão disponíveis à comunidade para pesquisas

Escritos à mão, correspondências e documentos pessoais, assim como estudos anatômicos, fotografias referente à vida política de Glauco Pinto de Moraes estão abertas à consulta popular no Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS), ligado à Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade de Passo Fundo (VREAC/UPF).

A primeira homenagem a Glauco foi em 1998, quando o MAVRS criou um espaço expositivo que leva seu nome. Agora, para o segundo semestre de 2020, o Museu traz a exposição “Chegadas e partidas: a memória das locomotivas por Glauco Pinto de Moraes”, por meio da união de acervos com o Museu Histórico Regional (MHR). O projeto foi premiado pelo Funcultura, em sua 4ª edição, e tem por objetivo contextualizar simultaneamente os aspectos do município em período anterior e posterior à chegada da locomotiva – tema central da poética do artista.

Glauco foi um dos fundadores da Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo, tendo integrado o Conselho de Arte e Cultura da Bienal Internacional de São Paulo e atuado como coordenador de Artes Plásticas da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

Para visitar o arquivo do pintor, desenhista, gravador e advogado, é preciso agendar horário de forma antecipada, pelo telefone (54) 3316-8585 ou pelo endereço de e-mail mavrs@upf.br.