Notícias UPF

Acadêmicos de Engenharia de Produção recebem prêmio do Desafio Nacional Lean Simulation

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Natália Fávero

Equipe da UPF conquistou o terceiro lugar na categoria Simulação Computacional com software FlexSim, título inédito em instituições do sul do Brasil

Os acadêmicos Cezar Leandro Petri, Cristian dos Santos Ceccagno e Conraddo Daroit Aversa, do curso de Engenharia de Produção da Universidade de Passo Fundo (UPF) receberam, nessa semana o troféu de terceiro lugar no Desafio Nacional Lean Simulation, na categoria Simulação Computacional com software FlexSim. O título foi conquistado no mês de outubro e a premiação ocorreu durante o Encontro Nacional de Engenharia de Produção (Enegep), realizado em São Paulo. A UPF é a única instituição do sul do Brasil a receber uma premiação nessa categoria desde que o desafio foi lançado, em 2016. 

Além do troféu, a equipe também conquistou tablet para cada um dos acadêmicos participantes, e duas licenças full do software FlexSim Educational, para a Universidade. Orientador do time, o professor Me. Anderson Hoose destacou o envolvimento dos estudantes que concorreram pela primeira vez nessa categoria. “Os estudantes se dedicaram a esse trabalho durante cerca de seis meses, eles se empenharam na resolução desse problema e a gente submeteu o projeto no final do mês de julho. No início de setembro nós tivemos a feliz notícia de que conquistamos a terceira colocação do desafio nessa categoria. É muito gratificante, especialmente porque agora nós já temos acadêmicos desenvolvendo trabalhos de conclusão de curso em cima desse software”, pontuou. 

Com o troféu em mãos, Cristian, um dos integrantes da equipe contou que o grupo já trabalha há bastante tempo juntos em outros projetos. A participação no desafio foi uma forma de aprender uma área em que ainda não haviam trabalhado e testar seu desempenho. “Nós sabíamos trabalhar com processo, mas não com simulação, então o maior desafio foi esse, aprender a simular e aplicar todo o conhecimento ali”, contou o acadêmico, que está no 8º semestre do curso, acrescentando que a premiação foi muito gratificante, principalmente por se tratar de um desafio muito concorrido. 

Para a coordenadora do curso, professora Me. Juliana Kurek a premiação é um orgulho para o curso e também resultado de um trabalho que vem sendo desenvolvido há alguns semestres. “Nós temos trabalhado com metodologias ativas, com metodologias baseadas em projeto e essas dinâmicas transformam o acadêmico em um estudante muito mais autônomo nas decisões. E é por isso que a gente consegue esses resultados, com destaque a nível nacional, em uma competição que é apoiada pela Associação Brasileira de Engenharia de Produção”, ressaltou. Outro destaque do curso relacionado a esse projeto foi o agora egresso Vinício Luiz Uriarte, que também participou do projeto do desafio e conquistou a melhor nota do estado no Enade em 2018 no curso de Engenharia de Produção. “Quer dizer, esse projeto tem nos proporcionado muitas alegrias, muitos resultados positivos”, completou a coordenadora. 

Sobre o desafio
O Lean Simulation é um desafio Nacional de criação de exercícios relacionados à gestão e à engenharia de produção. Nessa categoria, com o uso do software FlexSim, foi trabalhada uma simulação computacional. A equipe simulou o ambiente de um setor fabril em uma situação real, e depois promoveu melhorias, simulando um novo ambiente.
De acordo com o professor, o conteúdo utilizado pelos acadêmicos para o desenvolvimento do projeto também é ensinado em sala de aula, dentro de disciplinas do curso, por isso, a conquista das licenças fará com que mais estudantes tenham acesso a esse conhecimento. “Vai proporcionar que a gente consiga trabalhar bastante principalmente na parte de pesquisa nessa área de simulação”, finalizou.