Notícias UPF

Escola de Hackers encerra atividades na UPF Casca

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Júlia Giubel

O projeto Escola de Hackers encerrou, nesta sexta-feira, 14 de dezembro, suas atividades na Universidade de Passo Fundo (UPF), Campus Casca, para o ano de 2018. O projeto é uma parceria entre a UPF e a Secretaria de Educação e Cultura do município, que, no Campus Casca, atende a estudantes do 3º ao 5º ano da rede municipal, no turno inverso ao das atividades pedagógicas. O objetivo é desenvolver competências de programação de computadores entre alunos do ensino fundamental.

A iniciativa é desenvolvida pelo Grupo de Estudo e Pesquisa em Cultura Digital na Educação (Gepid) da UPF e apoiado pelo Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Campus Casca. No município, as atividades são desenvolvidas pelo acadêmico Eduardo Kuiava. 

O diretor da UPF Campus Casca, Henrique Bertosso, acompanhou a última aula e relatou a satisfação em proporcionar essa atividade aos estudantes. "Os estudantes se mostraram animados, durante todo o semestre, para participar das atividades, o que demonstra que o trabalho está sendo bem realizado. A parceria com o governo municipal garante o recurso necessário e o aluno instrutor também conseguiu motivar as crianças", afirmou Bertosso.