Geral

Boom na área de TI gera muitas oportunidades e “apagão” de mão de obra

31/08/2021

08:30

Por: Assessoria de Imprensa

Fotos: Carla Vailatti

Mesmo que muitas vezes nem nos demos conta disso, quem já parou para pensar, por exemplo, que o nosso carro é praticamente um "computador sobre rodas" e que o nosso celular tem mais capacidade de processamento do que os computadores de alguns poucos anos atrás? A informática faz parte cada vez mais do nosso dia a dia e, para atender estas demandas, a formação de profissionais qualificados é de fundamental importância para o desenvolvimento do país. O professor do Instituto de Ciências Exatas e Geociências da Universidade de Passo Fundo (Iceg/UPF), Carlos Amaral Holbig, doutor em Ciência da Computação, responde algumas questões que estão em alta no mundo da área de Tecnologia da Informação (TI).

Dr. Carlos Amaral Holbig, professor do
Instituto de Ciências Exatas e Geociências,
doutor em Ciência da Computação

- Como está a área de TI neste momento?
A área de TI, já há alguns anos, está em grande expansão no mercado de trabalho, o que tem ocasionado déficit de profissionais para atender sua crescente demanda. Com a pandemia, esta tendência se acentuou e estudos recentes preveem que nos próximos anos teremos quase 300 mil vagas em aberto neste mercado. Esta área vem crescendo em ritmo acelerado nos últimos anos. De acordo com uma pesquisa feita pela iMonitor IT, o primeiro trimestre de 2021 registrou um crescimento de 15,7% em comparação ao mesmo período do ano passado. Esta alta demanda tem gerado uma espécie de "apagão” de mão de obra na área, com as empresas disputando os profissionais de forma mais acirrada. Esta disputa tem provocado uma valorização destes profissionais, o que normalmente ocorre quando há uma demanda de empregos maior que a oferta de profissionais. Há previsões que até 2024 teremos mais de 100 mil vagas em aberto no Brasil.

- O trabalho remoto também é uma tendência na área de TI?
A adoção do trabalho remoto também tem impactado favoravelmente os profissionais de TI. Atualmente, muitos profissionais atuam neste formato de trabalho. Temos exemplos aqui mesmo na UPF, vários alunos e ex-alunos dos nossos cursos de graduação na área de TI (Ciência da Computação, Engenharia de Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas) e do Mestrado em Computação Aplicada estão trabalhando para empresas do centro do país ou do exterior neste formato de trabalho.

- Por que ocorre este aumento na demanda por profissionais desta área?
Este aumento na demanda por profissionais na área deve-se, de fato, à inserção cada vez maior da TI em todas as áreas do conhecimento e ao crescente e necessário processo de digitalização das empresas. A criação de startups dentro de ambientes de inovação, principalmente ligadas a parques científicos e tecnológicos, vem auxiliando também neste crescimento. Setores como a agropecuária, saúde, varejo e educação são exemplos de áreas onde a TI tem atuado fortemente nos últimos anos e onde ela deverá ampliar ainda mais sua inserção nos próximos anos.

- Quais são as possibilidades na área de TI?
Atualmente, as áreas de Cibersegurança, Ciência de Dados (Data Science), Inteligência Artificial, Internet das Coisas (IoT) e Programação destacam-se na oferta de oportunidades. São áreas que desempenham um papel fundamental no desenvolvimento de aplicações e soluções para a maioria dos setores da economia.

- Qual a importância da formação nesta área?
A formação de profissionais qualificados e atualizados nesta área será de fundamental importância para o desenvolvimento econômico, tecnológico e social do país nos próximos anos. Um país que não investir em tecnologia ficará à margem desta evolução, tornando-se cada vez mais dependente de um grupo de países que vem investindo fortemente nas últimas décadas na inovação e no desenvolvimento tecnológico.

INSCREVA-SE