Notícias UPF

Mais de 400 pessoas participam dos Cursos Livres UPF

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Natália Fávero

Segunda temporada do projeto iniciou nessa segunda-feira, dia 9 de dezembro, com 18 cursos que ocorrem ao longo da semana

A segunda temporada dos Cursos Livres, promovidos pela Universidade de Passo Fundo (UPF), iniciou na noite dessa segunda-feira, 9 de dezembro. Ao todo, mais de 400 pessoas devem participar de 18 cursos de curta duração que ocorrem ao longo desta semana no Campus I da UPF, nos três turnos. Entre os temas que serão tratados estão games, produção de alimentos saudáveis, criação de aplicativos móveis, ciência forense, cinema e diversidade de gênero na educação. 

A proposta é justamente oferecer uma formação com temas diversificados, e que vão ao encontro das demandas da atualidade, rápida, com baixo curso e com abordagens inovadoras, inspiradoras e funcionais para a vida pessoal e profissional. Além disso, os Cursos Livres ainda são uma oportunidade de a comunidade conhecer o potencial em ensino, pesquisa, extensão e inovação tecnológica da UPF. 

Na avaliação do vice-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da UPF, professor Dr. Rogerio da Silva, a segunda temporada alcançou extremo sucesso. “Nós estamos com mais de 400 inscritos e isso mostra que as pessoas desejam cursos dinâmicos, cursos práticos e de temáticas atuais. Além disso, também é uma forma não só de recebermos os nossos estudantes, mas também pessoas que não estão vinculadas à Instituição, mas que querem aproveitar essa oportunidade e esse momento de estar atualizado com os temas oferecidos”, destacou.

O vice-reitor ainda pontuou o pioneirismo da Instituição em oferecer temas que sejam atuais, com professores capacitados para tratá-los. “O resultado está sendo muito interessante. Tanto os nossos estudantes quanto a comunidade externa estão recebendo muito bem essa proposta e, diante disso, a gente já começa a trabalhar na terceira temporada de Cursos Livres, sempre buscando trazer novidades para oferecer ao público regional”, completou.