Especialização em Adaptações Curriculares e Práticas Pedagógicas na Educação Inclusiva - 1ª ed. Especialização em Adaptações Curriculares e Práticas Pedagógicas na Educação Inclusiva - 1ª ed.

O Brasil teve, na Educação Básica, em 2017, 1.066.446 matrículas na educação especial, sendo 206.566 na região Sul e 83.055 no Rio Grande do Sul (só em Passo Fundo, são 1.616 alunos). Trata-se, sem dúvida, de um número considerável de sujeitos que buscam, na educação básica regular, espaço para manifestação e desenvolvimento de suas condições de aprendizagem.

Percebe-se, por um lado e como forte justificativa, que está aumentando o número de alunos Público-Alvo da Educação Especial (PAEE) em atendimento nas escolas, mas, por outro lado, também é perceptível o aumento de crianças e adolescentes que precisam de apoio, acompanhamento, compreensão nos seus processos particulares de aprendizagem, que não são necessariamente PAEE, mas que demandam uma formação mais específica e preparada do professor da educação básica.

Na mesma condição, a legislação que assegurou o debate sobre a educação em perspectiva inclusiva é relativamente recente e vem sendo sublinhada e fortalecida a cada novo dispositivo jurídico-normativo que regulamenta a educação básica.

Assim, a especialização ora apresentada foi estruturada de maneira a dar conta, de forma mínima porém efetiva, de um dos maiores desafios colocados aos professores: o atendimento em sala de aula regular, que implica adaptações curriculares; organizações díspares e práticas pedagógicas com escopo inclusivo.

Objetivos da especialização

Organizar e socializar conhecimentos sobre a Educação Inclusiva, de maneira a compreender a singularidade do fenômeno e colocar-se ante às disposições e aos desafios advindos dos contextos escolares, principalmente perante a escolarização regular, que envolve adaptações curriculares e práticas pedagógicas específicas; bem como fortalecer compreensões acerca da inclusão como epistemologia de base para uma nova escola e construção de novos parâmetros de relações sociais, a iniciar pela educação.

Público-alvo

Professores das salas de aulas regulares na Educação Básica.
Professores de Salas de Recursos Multifuncionais que desejam espaços de diálogo e enriquecimento de práticas inclusivas.
Gestores de escolas de educação básica.
Público em geral (esta especialização não é restritiva e não demanda formação anterior específica ou engajamento profissional pré-existente).

Coordenação

Dra. Rosimar Serena Siqueira Esquinsani
Me. Maria Teresa Dal Moro Angoleri

Funcionamento

Local: Faculdade de Educação, Campus I, Passo Fundo
Aulas: Aulas semanais nas segundas, terças e quartas-feiras à noite (o cronograma está sujeito a alterações, dependendo da agenda dos professores).
Período: 18 meses

Contato

Telefone: (54) 3316-8295
E-mail: faedpos@upf.br