Vestibular

Quer ser professor? A UPF oferece 15 cursos de licenciatura

10/12/2021

13:30

Por: Assessoria de Imprensa

UPF é referência na formação de professores. Estudantes formados pela Universidade de Passo Fundo são rapidamente inseridos no mercado de trabalho

As licenciaturas formam profissionais da educação. E na região Norte do Rio Grande do Sul, a Universidade de Passo Fundo (UPF) é a referência. E a demanda por estes profissionais é crescente. Os estudantes que se formam na Universidade ocupam rapidamente as vagas de emprego. Para qualificar a sua formação, estudantes da UPF têm a oportunidade de participar todos os anos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e do Programa Residência Pedagógica. 

Papel da Universidade na formação de professores
Uma das missões da UPF é formar cidadãos para que atuem como agentes de transformação social das suas comunidades. “O papel que a UPF desempenha a mais de cinquenta anos com o desenvolvimento regional, perpassa por uma formação de qualidade, formação essa que se reflete em nossas escolas de ensino básico, através dos nossos egressos”, enfatiza a coordenadoria das Licenciaturas (Coorlicen), professora Dra. Luciane Rodrigues de Bitencourt.

A formação de professores na UPF é uma tradição desde a sua fundação. “Esses profissionais da educação formados por nós, além do conhecimento específico de cada uma de suas áreas, recebem a formação pedagógica que os habilita ao exercício efetivo da docência. São profissionais que têm a possibilidade ao longo do curso de ter experiências com a extensão e com a pesquisa através das diversas disciplinas curriculares. Ou seja, o nosso papel com a comunidade é formar professores qualificados e comprometidos com os processos educativos”, declara Luciane.

Qual a importância da formação de mais professores?
“É difícil responder essa pergunta, porque não entendo um mundo sem professor. Tem uma frase que ouço muito ‘A docência é a profissão que permite todas as outras profissões’, e de fato é! A frase nos faz constatar que o papel do professor em nossa sociedade é no mínimo desafiador e de importância extremamente nobre, portanto, deveria estar entre as principais prioridades e ações de qualquer governo”, responde a professora Luciane.

Segundo ela, o professor é o agente que forma cidadãos críticos, competentes, éticos e humanos. “É o professor que auxilia e orienta no despertar de competências e habilidades exigidas na vida profissional, mas, também, desperta competências e habilidades socioemocionais, tão importantes às relações humanas e à vida em sociedade. É com o professor, na escola, que o aluno desenvolve o senso crítico. O professor contribui para a formação e o desenvolvimento do aluno enquanto indivíduo e membro da sociedade”, garante a professora, salientando outras inúmeras funções de um professor na sociedade.

Oportunidades de atuação
A atuação dos licenciados compreende a docência no ensino básico, nas escolas públicas e privadas em espaços formais e não-formais. Além disso, os licenciados poderão atuar na gestão escolar (coordenadores, diretores), e integrar equipes de elaboração de projetos educacionais em espaços formais e não formais de educação. “Existe carência de professores com qualificação para atuar na educação básica, pública e privada, e os estudantes formados pela UPF são rapidamente absorvidos pelo mercado. Faltam professores específicos para cada área. Nossos estudantes, muitas vezes, iniciam suas atividades, antes mesmo de formados”, enfatiza a coordenadora do Coorlicen.

Estudantes dos cursos de licenciatura da UPF têm ainda a oportunidade de qualificar sua formação por meio dos programas Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e de Residência Pedagógica. Neste ano, 96 acadêmicos integraram esses programas, sendo 48 para cada um deles. Os editais costumam ser publicados todos os anos. “Esses programas têm o propósito de acrescentar experiências pedagógicas no processo de formação dos alunos. Eles desenvolvem atividades pedagógicas nas escolas conveniadas e são acompanhados por supervisores e coordenadores dos cursos de graduação. Os programas encerram as atividades em março do próximo ano e a Capes já sinalizou que deverá abrir edital em 2022”, informa o coordenador institucional do Pibid, professor Dr. Gerson Trombetta.

Prefeitura está com vagas abertas para monitorias
Para 2022, a Prefeitura aprovou estágios para a contratação de pessoas para acompanhamento dos alunos da rede municipal de ensino e já está fazendo cadastro para essas monitorias. As vagas são para ensino médio (cursando Magistério) e ensino superior (cursando Licenciatura Plena). As vagas para ensino superior oferecem bolsa-auxílio de R$ 456,33 (15h) e R$ 964,07 (30h). Mais informações pelo e-mail estagios@edu.pmpf.rs.gov.br. Inscreva-se AQUI. “Os monitores trabalharão especialmente com alunos incluídos, ampliando significativamente essa atividade nas escolas. Estar nas escolas é importante para a formação dos alunos de licenciatura. Quando formados, eles também terão que lidar com esse contexto da inclusão”, disse o secretário de Educação de Passo Fundo, Adriano Teixeira.

O supervisor da Seção de Programas Públicos e Institucionais da UPF, Clodoaldo Neckel, ressalta que essas vagas de monitores são oportunidades importantes para os acadêmicos da UPF. “É um projeto extremamente importante, potencializando a execução da teoria aprendida em sala de aula no campo de atuação para alunos de graduação e de ensino médio voltados ao magistério”, comenta Neckel. 

Conheça os cursos de licenciatura da UPF, sendo dois em formato híbrido:
A Universidade oferta 15 cursos de graduação licenciatura: Artes Visuais, Ciências Biológicas, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, Geografia, História, Letras - Português e Espanhol, Letras - Português e, Inglês, Matemática, Música, Pedagogia, Pedagogia e Química. 

E, neste Vestibular de Verão, a UPF está com novidades. Os cursos de Pedagogia e Geografia, além da opção presencial, podem ser cursados no formato híbrido. Os cursos de licenciatura híbridos em rede, permitem aos estudantes uma série de benefícios:
- Interagir com a comunidade por meio de projetos de extensão e de pesquisa integrados a diversas disciplinas dos cursos;
- Organizar no seu tempo os módulos, uma vez que os currículos são flexíveis e os módulos independentes e com temas geradores, evitando a necessidade de sequência numérica;
- Eleger temas de seu interesse, por meio de disciplinas eletivas;
- Uma formação sólida com visão crítica e criativa do mundo, com respeito à dignidade da pessoa humana, comprometida com os ideais de uma sociedade democrática e plural, tendo em vista a matriz curricular multidisciplinar dos cursos híbridos em rede.

Vestibular de Verão: inscreva-se!
Você ainda pode concorrer a uma vaga na UPF. Além da prova presencial, realizada no mês de novembro, o Vestibular de Verão UPF abrange outras duas formas de ingresso: nota de redação do Enem de 2010 a 2020 ou prova de redação on-line até 11 de fevereiro de 2022. As inscrições devem ser feitas AQUI.

INSCREVA-SE