Notícias UPF

Equipe do Balcão do Migrante participa de capacitação promovida pela ONU

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Cursos ocorreram no início do mês e seguem na próxima semana. Ações são promovidas por agências da Organização das Nações Unidas

Juntamente com o Comitê Nacional do Refugiado (Conare), do Ministério da Justiça, Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) e Organização Internacional para Migrações, agências da Organização das Nações Unidas (ONU), acadêmicos do projeto de extensão Balcão do Migrante e do Refugiado, da Faculdade de Direito da UPF, participam de cursos de formação e capacitação. Os encontros ocorreram no início do mês e seguem na próxima semana. 

De acordo com a coordenadora do Balcão, professora Dra. Patrícia Noschang, a equipe participou de uma capacitação sobre a atuação no atendimento das solicitações de refúgio que chegam até o projeto. “Nesta semana e na próxima, a equipe participará de uma segunda capacitação sobre a Lei de Migração e a Convenção de Genebra de 1951 que se refere a condição de refugiados. Esta capacitação está sendo realizada em parceria com o Centro de Atendimento ao Migrante (CAM) e como apoio e participação das agencias da Organização das Nações Unidas que protegem migrantes e refugiados”, ressalta.

Ela pontua que a ideia da formação partiu de um pedido da Cruz Vermelha Brasileira de Caxias do Sul (CVCXS) ao CAM. O objetivo é promover a capacitação de voluntários, bem como aos acadêmicos da UPF, que realizarão os atendimentos diretos a refugiados e aos imigrantes nas circunscrições da Polícia Federal Caxias do Sul e Passo Fundo. “A capacitação visa formar tecnicamente os novos atendentes, para que possam auxiliar nos pedidos de autorização de residência, pedido de protocolo de pedido de refúgio, renovação de autorização de residência e de protocolos de pedido de refúgio, para que os refugiados e imigrantes estejam devidamente regulares no território nacional”, explica a coordenadora.

Membro do projeto, a acadêmica Jéssica Mendes Leite, está no 9º semestre. Para ela, ter a oportunidade de participar das formações é algo único que apresentou a ela uma visão sobre o tema. “Entendemos sobre todo o processo de Refúgio e sua tramitação interna, e agora sobre a prática do processo de naturalização, entre outros. Estas formações também nos proporcionam momentos de integração com outras localidades e realidades brasileiras. Ter esse aprendizado na graduação me trouxe um embasamento muito mais sólido sobre o tema pelo qual me apaixonei”, frisa a estudante.

Para Giorgio Moro Pacheco, acadêmico do 3º semestre, integrar o grupo e participar das capacitações tem sido importante para sua formação. “Participar das formações está sendo muito importante para mim. É através delas que podemos atualizar, aprimorar e sensibilizar nosso conhecimento para melhor ajudar e atender com maior exatidão as demandas trazidas pelos imigrantes e refugiados de Passo Fundo e região”, destaca.