Notícias UPF

Música, entretenimento e solidariedade

  • Por: Victor Ferreira/Nexjor Edição: Assessoria de Imprensa UPF

Curso de Música da UPF promove recital on-line que ajudará Instituto Libertate

Durante esse período conturbado que o mundo todo está vivendo, o que tem ajudado a sociedade a aliviar o estresse e ansiedade, são as lives dos músicos. Grande parte dessas lives tem como intuito levar a arte até a casa das pessoas, mas também preza a solidariedade para instituições beneficentes, com doações feitas por quem está assistindo. 

É partindo dessa ideia que o curso de Música da Universidade de Passo Fundo (UPF) planejou o primeiro recital online. A apresentação dos estudantes irá contar com a supervisão do coordenador do curso, Me. Alexandre Saggiorato. O evento acontece neste sábado, 30 de maio, pelo Instagram da Faculdade de Artes e Comunicação (FAC). O professor explica como vai funcionar a logística da live, já que o Instagram só permite duas pessoas por vez ao vivo. “Eu vou chamar cada acadêmico, ele vai se apresentar e após isso ele vai tocar a sua música, depois disso vou chamando os demais estudantes que irão participar, acredito que irá durar em torno de 1 hora a nossa live”, explica Alexandre. Serão cinco alunos do bacharelado durante a live, três deles irão tocar percussão, outro tocará violão e terá mais um que apresentará o canto.

Além de levar a música para quem estiver assistindo, a live também tem o objetivo de ajudar o Instituto Libertate. “Eu fiz uma live com alguns amigos da minha primeira banda e aí ajudamos o Instituto. Quando pensei em fazer uma live pro curso de Música achei que poderíamos contribuir com eles mais uma vez”, conta o professor. 

O que é o Instituto Libertate

O Instituto Libertarte é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que busca, por meio da arte, a socioeducação preventiva e restaurativa de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social. E tem como missão apoiar e desenvolver ações para a defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida e o bem estar de crianças, adolescentes e jovens em fase de desenvolvimento, em especial com vista à socioeducação e proteção daqueles que cometeram atos infracionais e tiveram seus direitos violados, e a quem foram aplicadas as medidas socioeducativas e de proteção previstas na legislação pertinente. 


Como ajudar o Instituto 

Acesse o link da “vakinha online” e ajude o Instituto!