Notícias UPF

Assinado convênio que permite ações do Projeto Rio Passo Fundo

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Fotos: Gelsoli Casagrande

Parceria entre a Fundação Universidade de Passo Fundo e a Caixa Econômica Federal cria bancos de dados e busca conscientizar a população sobre a importância da Bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo

A Fundação Universidade de Passo Fundo (FUPF), por meio do Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS), com apoio do Museu Histórico Regional (MHR) e do Museu Zoobotânico Augusto Ruschi (Muzar), assinou nesta terça-feira, dia 16 de maio, o documento que permite o início oficial das ações desenvolvidas pelo Projeto “Rio Passo Fundo: patrimônio paisagístico, natural, ambiental, histórico-cultural, econômico e político”. A atividade ocorreu na sala de reuniões da Reitoria da Universidade de Passo Fundo (UPF).

O documento foi assinado pela presidente da Fundação Universidade de Passo Fundo (FUPF), Maristela Capacchi; pela vice-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários da UPF, Bernadete Maria Dalmolin; e pelo superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Edilson Zanatta. O secretário de Meio Ambiente de Passo Fundo, Rubens Astolfi, e representantes das entidades apoiadoras também estiveram presentes. “Nós temos um rio que deu nome ao município de Passo Fundo e que muitas vezes é maltratado, então, esse projeto busca essa conscientização, a melhoria no tratamento que damos ao rio, já que água é vida, é desenvolvimento, e o apoio da Caixa e das demais entidades é importante para a realização do projeto”, destacou a presidente da FUPF.

Por meio do projeto, se busca levar a conscientização e o respeito das populações dos municípios da região Norte do Rio Grande do Sul, por onde passa o Rio Passo Fundo. “É um trabalho que começou há bastante tempo com muitas entidades, mas que se fortalece neste momento. Para nós, é muito importante envolvermos as comunidades na educação ambiental, assim como nossos alunos e professores, além de trabalharmos toda a questão que envolve o patrimônio e esse processo histórico que diz respeito ao Rio Passo Fundo”, disse a vice-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários da UPF.

O investimento nas ações do projeto será de R$ 300 mil, provenientes do programa de Apoio ao Patrimônio Cultural Brasileiro 2017/2018 da Caixa Econômica Federal. “Parabenizamos a Universidade por ter feito um projeto que ficou entre os 13 que foram selecionados em todo o Brasil. Um projeto que receberá R$ 300 mil dos quase R$ 3 milhões que a Caixa está investindo nesse tema. Com isso, essa verba veio para dar garantia de maior sustentabilidade para a Bacia do Rio Passo Fundo”, explicou o superintendente regional da Caixa Econômica Federal.

Projeto integra a realização de exposições

O projeto será realizado durante o período de dois anos, para os quais estão previstas quatro exposições: Rio Passo Fundo - Patrimônio paisagístico, natural e ambiental; Rio Passo Fundo - Patrimônio histórico-cultural, econômico e político; Rio Passo Fundo - Patrimônio socioambiental; e ainda uma exposição itinerante, que percorrerá os municípios de abrangência da Bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo.

Além das exposições, conforme a coordenadora do MAVRS, do MHR e do Projeto Rio Passo Fundo, Tania Aimi, será criado um banco de dados com informações sobre o rio, abrangendo 30 municípios. “No primeiro ano, faremos a coleta de dados e informações, visitas in loco em cinco municípios, expedições em terra e por água para fazer o levantamento de material. Também faremos ações educativas nos municípios, sensibilizando as pessoas sobre a importância desse rio e dessa água”, finalizou.

Conforme a coordenadora, embora seja um projeto extenso, a organização já pensa em uma próxima etapa, e já está buscando parcerias para a realização de duas publicações: uma cartilha de educação ambiental para crianças e um relatório de todo o trabalhado realizado durante o período.

Apoiadores

Além da Fundação Universidade de Passo Fundo e das unidades acadêmicas da UPF, o projeto conta ainda com o apoio externo das entidades Agenda 21 Local, Ampla, Batalhão Ambiental da Brigada Militar, Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Passo Fundo, Corede, Corsan, Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas, Ministério Público Estadual, Prefeitura Municipal de Passo Fundo e Projeto Navegar.

Galeria de Vídeos