Notícias UPF

De olho no futuro: mestrado profissional na área de Engenharia Mecânica

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Reprodução e Jéssica França

A Universidade de Passo Fundo está com inscrições abertas para o mestrado profissional em Projeto e Processos de Fabricação

A Universidade de Passo Fundo (UPF), por meio da Faculdade de Engenharia e Arquitetura (Fear), está com inscrições abertas para o Programa de Pós-Graduação em Projeto e Processos de Fabricação (PPGPPF).

De acordo com o coordenador do PPGPPF, professor Márcio Walber, o mestrado profissionalizante é uma grande oportunidade para os profissionais que desejam mais qualificação na área de metal-mecânica. “O mestrado busca suprir a demanda regional por qualificação na área, já que, em toda a região, há muitas instituições que necessitam de profissionais capacitados para o ramo. Em Passo Fundo, temos grandes empresas atuantes na área metal-mecânica; em Marau, há grandes entidades que trabalham com estruturas metálicas; em Erechim, tem as companhias de ônibus e de metal-mecânica, e a cidade de Não-Me-Toque é destaque na produção de máquinas agrícolas. Então, esse é um setor que precisa de profissionais cada dia mais capacitados”, destacou. 

Pontos fortes do mestrado profissional

De acordo com Walber, o corpo docente do programa é um dos pontos fortes do mestrado, já que é constituído por professores com qualificação e experiência voltada para as linhas de pesquisa do Programa e também por docentes que atuam em áreas afins, como biomateriais, bioengenharia, tratamento de efluentes industriais e planejamento e simulação da manufatura, o que confere maior apoio às linhas de pesquisa. “Possuímos também uma excelente estrutura laboratorial, que possibilita um apoio para a realização de pesquisas e a produção de dissertações dos mestrandos”, destacou.

A estrutura física disponibilizada contempla modernos equipamentos e softwares direcionados para as linhas de pesquisa do Programa. O espaço da Unidade conta com equipamentos para a realização de testes de fadiga, medições experimentais, equipamentos de visualização de imagens para análises de materiais e também modernos equipamentos de usinagem.

Segundo o professor Walber, apesar de o Programa ser profissionalizante e realizar diversas técnicas convencionais de formação, diferentes disciplinas têm desenvolvido metodologias para incentivar o aluno na realização de pesquisas e inovações tecnológicas.

Linhas de pesquisa

O objetivo do PPGPPF é formar mestres com vocação para a indústria, desenvolvendo trabalhos e pesquisas em três linhas de pesquisa, que são Processos de fabricação, Projeto de máquinas e equipamentos e Seleção de materiais aplicados ao projeto e fabricação. “Temos muitos alunos, de toda a região, inclusive de Santa Catarina, que fazem o mestrado conosco na área de metal-mecânica, pois o curso contempla temáticas bem importantes para a indústria”, explicou. 

Inscrições

As inscrições para o Programa de Pós-Graduação em Projeto e Processos de Fabricação iniciaram no dia 2 de maio e seguem até o dia 30 de junho. Elas podem ser feitas no site do PPGPPF ou no endereço www.upf.br/ensino.

Processo seletivo

O processo seletivo para o Programa de Pós-Graduação em Projeto e Processos de Fabricação consiste em análise de currículo, apresentação de projeto de pesquisa e entrevista. A UPF também disponibiliza algumas bolsas de estudos para os candidatos selecionados. As inscrições podem ser realizadas por profissionais da engenharia mecânica, da engenharia da produção e de áreas afins. 

Como funciona o mestrado profissional

O mestrado profissional tem o período de dois anos e, segundo o coordenador do programa, professor Márcio Walber, as aulas acontecem nas sextas-feiras, no período da tarde e da noite, e nos sábados pela manhã, e algumas disciplinas podem ocorrer de forma concentrada.  “Os futuros mestres deverão cursar 24 créditos, ou seja, oito disciplinas de três créditos – quatro obrigatórias e quatro eletivas. Além disso, devem ser cursadas disciplinas de orientação e de artigo científico, fechando um total de 30 créditos”, explicou.  

Pesquisas desenvolvidas

Entre as principais pesquisas já desenvolvidas no PPGPPF, estão projetos na área agrícola e automotiva, além de dissertações envolvendo o projeto e a produção de carrocerias de ônibus. 

Perspectivas de trabalho

O Mestrado Profissional em Processos de Fabricação, além de ofertar melhor qualificação para o mercado de trabalho, também oferece novas perspectivas de atuação. “Uma estratégia para quem está buscando recolocação profissional é buscar essa qualificação, pois, além de os mestres estarem mais prontos para o mercado, o curso abre um leque maior de oportunidades, possibilitando que esses profissionais atuem como professores, seguindo na área da docência”, disse. 

Diferenciais do mestrado profissional UPF

De acordo com Walber, a competência e a qualidade dos recursos humanos formados no PPGPPF ficam evidentes. O coordenador observa que o programa iniciou suas atividades em agosto de 2011, tendo, até o momento, formado 63 mestres.

Também é importante destacar a interação do Programa com o Parque Científico e Tecnológico (UPFParque), que possui uma central de equipamentos multiusuários aberta a diferentes grupos de pesquisa e usuários. “Com o apoio de entidades parceiras, o UPFParque promove o fluxo de talentos, o intercâmbio de ideias, a hospedagem e a incubação de negócios. Desse modo, permite o acesso a laboratórios e a equipamentos especializados, oportunizando a acadêmicos e a pesquisadores a convivência dentro de um ambiente de inovação e desenvolvimento”, finalizou.

As principais áreas de interação com o programa são a área de metal-mecânica e de agricultura de precisão.

Histórico do PPGPPF

O Programa de Mestrado Profissional em Projeto e Processos de Fabricação (PPGPPF) foi criado a partir da interação de um grupo de professores com empresas da região que perceberam a carência e a necessidade de profissionais capacitados para o desenvolvimento de estudos avançados.

A região Norte do Rio Grande do Sul, onde está localizada a UPF, é conhecida nacionalmente por ser líder na fabricação de equipamentos de plantio direto e por possuir diversas empresas no ramo de estruturas metálicas, nas áreas de implementos agrícolas e de estruturas metálicas. A região também conta com uma das maiores empresas encarroçadoras de ônibus do país, que tem forte interação junto ao PPGPPF. A Universidade de Passo Fundo é um elo entre essas empresas e os acadêmicos que buscam na sua formação profissional a habilitação necessária para se engajar futuramente no mercado de trabalho.