Egressos

É importante ressaltar que o programa realiza um controle de acompanhamento do todos os seus egressos a fim de se informar de suas linhas atuação e procurando mantê-los próximos do programa mesmo depois de concluir o curso.

Até 2017/1, o programa apresentou 27 defesas. Abaixo, segue uma breve descrição sobre cada egresso:

André Luís Stefanello (Agentes de Software em um Sistemas tutor inteligente de apoio a preparação para a prova de Residência): é professor da URI, campus de Frederico Westphalen.

Velcir Barcaroli (Plataforma interativa de aprendizagem de programação voltada a disseminação do pensamento computacional utilizando robótica remota): é coordenador do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) e professor da UCEFF, Chapecó, SC.

Ronaldo Serpa da Rosa (Plataforma de Aquisição e Disponibilização de Dados Meteorológicos): atua como docente no IFRS de Ibirubá.

Rafael Dal Molin (Um Sistema Baseado em Perfil e Recomendação para Suporte à Governança Corporativa): é sócio-proprietário de empresa de TI em Passo Fundo, e utiliza o software desenvolvido na dissertação em suas soluções comerciais.

Tainara Lucateli Bernardi (Uma Ontologia sobre Licitações aplicada na Elicitação de Requisitos de Portais de Transparência Municipal): sua ontologia está disponível para uso público. É professora da UPF.

Thiago Benvegnú (Detecção de Molhamento Foliar utilizando Processamento de Imagens): é engenheiro eletricista na empresa Pointer Cielo, instalada no UPF Parque.

Felipe de Vargas (Um Middleware em C++: modernizando a interface de modelos codificados em Fortran): seu trabalho contribuiu para a melhoria na plataforma DSSAT-CSM, uma solução que integra vários modelos de simulação de culturas. Atualmente, continua trabalhando no projeto para uma entidade não-governamental com sede no México.

Jeangrei Emanoelli Veiga (Um sistema e-health para auxiliar na promoção de estilo de vida saudável em hipertensos): o sistema desenvolvido está sendo utilizado por profissionais da saúde no Hospital da Cidade, Passo Fundo. Tem uma start-up na área de TI e é professor da UPF.

Maurício Antonioli Schmitz (Comunicação Bidirecional para Plataforma Embarcada do Protegemed): seus resultados contribuiram para uma nova versão da plataforma de gerenciamento de risco elétrico. É docente no IFRS de Caxias do Sul.

Daniel Perondi (AgroClimate Smart Crop Season: uma abordagem na simplificação de modelos de simulação para sistemas de auxílio à tomada de decisão): Desenvolve atividades de pesquisa na Universidade da Flórida (EUA), envolvendo modelos de simulação na área agrícola.

Maurício Alex Zientarski Karrei (AgroNET: uma Plataforma para Gerenciamento de Grandes volumes de dados na Agricultura de Precisão): atua como docente no IFRS de Sertão.

Jeancarlo Sartori (Uma plataforma para Acoplamento de Modelos de Simulação utilizando Web Sockets): tem empresa na área de TI em Passo Fundo.

Jaison Dairon Ebertz Schmidt (MSGUI: um instrumento para avaliação de usabilidade em jogos sérios para dispositivos móveis): atua como desenvolvedor sênior na Compasso Informática, uma empresa do grupo UOL DIVEO.

Tiago de Ávila Mendes (Um Software Baseado em Perfil de Estudantes Para Recomendação de Conteúdos e Estratégias de Aprendizagem): é docente no SENAC Carazinho. 

Marcos Roberto dos Santos (Desenvolvimento de um Sistema de Visão Computacional para Fenotipagem de Alta Precisão): o software está sendo utilizada em pesquisas na Embrapa Trigo. É sócio de empresa de TI de Carazinho, e professor da IMED Passo Fundo.

Vanessa Lago Machado (Análise do impacto da utilização da previsão do tempo corrigida pelo método Model Output Calibration em modelos de doenças da maçã): É professora do IFSul, campus de Passo Fundo. 

Renato Weiller Dallagasperina (Uma plataforma de comunicação universal utilizando protocolo ZIGBEE): É professor da URI, campus de Frederico Westphalen.

José Antônio Oliveira De Figueiredo (Aquisições de grandezas elétricas: definição de arquitetura, método e validação em protótipo): O resultado deste trabalho está sendo aplicado no desenvolvimento de sensores que são utilizados em UTIs de hospitais. É professor do IFSul, campus de Passo Fundo. 
     
Gilberto Gampert (Urban Voice – uma abordagem baseada em perfil e recomendação para relatar problemas de infraestrutura urbana): ferramenta que está sendo utilizada na UPF para relatar problemas de infraestrutura e que está em processo de discussão para ser utilizada, também, pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo. É coordenador da Divisão de TI da UPF.
     
Mateus Henrique Dal Forno (CPFT: uma proposta de processo adaptável para testes funcionais utilizando crowdsourcing): Após o término do curso, o egresso atuou como professor substituto do ensino básico, técnico e tecnológico no Instituto Federal Farroupilha - Campus Alegrete. Em março de 2017 foi nomeado técnico administrativo em educação, sendo responsável pelos Laboratórios de Informática no Instituto Federal Catarinense - Campus Concórdia.

Vinícius Andrei Cerbaro (Crop Drone: uma plataforma para coleta, armazenamento e disponibilização de dados agrícolas): Esta plataforma está sendo utilizada atualmente em projetos na Universidade da Flórida e com base em projeto conjunto do PPGCA com o INPE (projeto financiado pelo CNPq e Agência Nacional de Águas). Desenvolve atividades de pesquisa na Universidade da Flórida (EUA).     

Lucas Tonial Scortegagna (Desenvolvimento de uma aplicação de processamento de imagens para monitoramento da floração do morangueiro): Ferramenta utilizada no controle do desenvolvimento de plantações de morango em Passo Fundo. É sócio-proprietário em empresa desenvolvedora de games (SouthBox Game Studio).     

Fernando Winckler Simor (Método de avaliação da usabilidade para "Serious Games" com interação gestual para idosos): Técnica que está sendo utilizada na recuperação de idosos na região de Passo Fundo. Trabalha em empresa na área de TI em Passo Fundo e como professor de cursos de lato sensu na UPF.     

Angela Mazzonetto (Uma abordagem para execução paralela de modelos de simulação    de culturas): O trabalho está sendo utilizado em projetos na Embrapa Trigo e UPF e em produto desenvolvido pelo INPE e PPGCA para o Operador Nacional do Sistema Elétrico. É bolsista DTI no PPGCA vinculado a projeto de pesquisa coordenado pelo INPE com parceria do PPGCA. 

Diego Antonio Lusa (OPEN SMART CITY VIEW: uma solução computacional para manipulação e apresentação de dados governamentais abertos): atua como docente no IFRS de Sertão.

Jorge Luis Boeira Bavaresco (Um sistema integrado de modelagem de cultivos e doenças: Brusone no Trigo): a plataforma desenvolvida é utilizada na Embrapa Trigo e por universidades norte-americanas. É professor do IFSul, campus de Passo Fundo.

Jair José Ferronato (Análise de protocolos de roteamento em Vanets de diferentes densidades em ambiente urbano): É professor do IFSul, campus de Passo Fundo.