Notícias UPF

Torneio de Futsal Feac/UPF 60 anos reúne cerca de 200 pessoas

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Em mais um evento comemorativo aos 60 anos da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis da Universidade de Passo Fundo (Feac/UPF), no último sábado, 4 de novembro, aconteceu o Torneio de Futsal Feac 60 anos masculino e feminino, que movimentou o ginásio do Colégio Notre Dame, em Passo Fundo. Participaram da atividade 14 times formados por alunos de todos os campi da UPF.

O campus Casca se destacou na competição com a participação de três equipes, duas masculinas e uma feminina. Segundo o professor Me. João Paulo Gardelin, o público movimentou as arquibancadas com torcida animada e gritos de incentivo aos grupos que estavam em quadra. “Não por acaso, os times levaram as taças de campeão nas categorias masculino e feminino, além de um 3º lugar no masculino”, relatou.

O time feminino de Casca conquistou o título vencendo Carazinho em duas partidas, com os placares de 2x0 e 1x0, e em jogos que foram marcados pela atuação da goleira de Carazinho, Cassiane. Já na categoria masculino, os 12 times estavam divididos em chaves de quatro equipes. Após uma manhã inteira de disputas, oito times avançaram para as quartas de final, deixando outros quatro pelo caminho, entre eles o time dos professores da Feac, capitaneados pelo goleiro Kuki Muralha.

À tarde, foram disputados os confrontos decisivos. Depois de passar pelas quartas de final, o favorito time de Sarandi (The Power Guido), de melhor campanha na primeira fase, foi derrotado pelo Real dos Pampas, de Casca, por 2x1, e se despediu das chances de título. Na outra semifinal, o time de Passo Fundo, FutFeac, se fez valer da melhor campanha e jogou pelo empate que lhe deu a classificação sobre o Atlético de Madri, de Casca. Na decisão, sem o critério de melhor campanha para desempate, a decisão foi para os pênaltis após um disputado 0x0. No fim, o time Real dos Pampas, de Casca, conquistou o título sobre o FutFeac, de Passo Fundo.

A arbitragem dos jogos foi feita pelos próprios docentes e alunos da Feac, os quais somente deveriam intervir nas partidas em que algumas situações divergentes acontecessem, com objetivo de estimular o cavalheirismo e a ética dentro de quadra. Nesse sentido, segundo Gardelin, o destaque foi Ramadan Awad, aluno do Mestrado em Administração, que conduziu os jogos decisivos com maestria no apito.

Após o torneio, os grandes campeões foram recepcionados no Grand Palazzo Centro de Eventos durante o Festival de Food Truck da Feac, onde receberam a premiação pelo título. Conforme Gardelin, o campeonato transcorreu no melhor do espírito esportivo e, apesar das disputas acirradas, a amizade e a integração prevaleceram. Ainda, de acordo com o professor, os alunos e as equipes já solicitam que, em 2018, se tenha uma nova edição da competição.