Notícias UPF

UPF na Expodireto: a tradição no ensino de ciências agrárias à disposição do produtor

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Arquivo/UPF

No ano em que completa 50 anos, a UPF leva para uma das maiores feiras do agronegócio brasileiro produtos, serviços e pesquisas que contribuem com o desenvolvimento da produção agrícola

No ano em que celebra 50 anos de atuação no ensino superior, a Universidade de Passo Fundo (UPF) reafirma seu compromisso com a difusão do conhecimento. A excelência em ensino, pesquisa, extensão e inovação tecnológica consolida a UPF como a maior instituição de ensino superior do norte gaúcho e a sua inserção em uma região com agricultura promissora a aproxima do agronegócio, fazendo com que seja reconhecida também pela tradição no ensino de ciências agrárias.

Para disponibilizar os produtos, os serviços e as pesquisas que contribuem com o desenvolvimento da produção agrícola, a UPF estará presente em mais uma edição da Expodireto Cotrijal, uma das maiores feiras do agronegócio brasileiro, com alcance internacional. Desde a primeira até a 19ª edição – que acontece de 5 a 9 de março, em Não-Me-Toque –, a UPF é parceira da Expodireto e oportuniza para o público visitante acesso a tecnologias e pesquisas.

Para o reitor da UPF, José Carlos Carles de Souza, é importante para a região contar com um agronegócio forte. “É fundamental o envolvimento da UPF e de outras entidades como a Embrapa, a Emater e a própria Cotrijal, que impulsionam efetivamente o agronegócio”, aponta. Para ele, a Expodireto sinaliza como será o ano e as expectativas para 2018 são otimistas. “A economia está se recuperando e há perspectivas de boa safra. Isso vai alavancar todos os negócios da região”, aponta ele. 

Novidades
No estande institucional da UPF, estarão disponíveis informações sobre diferentes cursos de graduação e pós-graduação, serviços, setores e laboratórios. Entre os setores representados na Feira, estarão o Centro de Pesquisa em Alimentação (Cepa), o Centro de Extensão e Pesquisa Agropecuária (Cepagro), o Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Alto Jacuí (Coaju), o Hospital Veterinário, o Museu Zoobotânico Augusto Ruschi (Muzar) e o Serpentário, além dos laboratórios de Solos, Biotecnologia e Sementes e Aveia. Dentre as novidades, está a presença do UPF Parque, que levará para a Expodireto as novas tecnologias que estão sendo desenvolvidas pelas incubadas. 

Programação especial da UPF na Expodireto 2018

Cepa
O Centro de Pesquisa em Alimentação (Cepa) estará presente na Expodireto Cotrijal prestando informações sobre os diversos serviços que os laboratórios de análises oferecem aos produtores. Além disso, haverá degustação de iogurte e bolacha.

Cepagro
O Centro de Extensão e Pesquisas Agropecuárias (Cepagro) apresentará os setores de piscicultura, ovinocultura e apicultura, demonstrando os serviços oferecidos pelo Centro atendendo ao público e distribuindo material informativo. 

Coaju
O Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Alto Jacuí (Coaju) orientará o público sobre os cuidados na preservação dos rios e suas nascentes. Na feira, o Comitê fará exposição de amostras das águas dos rios e de situações de erosão do solo. Distribuirá, além disso, material informativo e fará doação de mudas.

Hospital veterinário
Com o objetivo de que os visitantes da feira possam conhecer um pouco do funcionamento, da estrutura e do atendimento do Hospital Veterinário, serão disponibilizados materiais explicativos sobre os serviços prestados e sobre os laboratórios, com informações dos principais exames e laudos realizados, inclusive exames especiais. Além da apresentação dos serviços prestados pelo HV, o espaço exibirá os animais disponíveis para adoção. 

Serpentário
Uma estrutura especialmente montada para a Expodireto Cotrijal receberá o Serpentário, onde serão repassadas informações sobre a importância da preservação de serpentes. Estarão expostas espécies peçonhentas e não peçonhentas e os visitantes poderão receber esclarecimentos sobre as diferenças entre cada uma delas e orientações quanto à prevenção de acidentes ofídicos, especialmente na zona rural. 

Laboratório de Biotecnologia
No dia 8 de março de 2018, o laboratório fará o lançamento da nova variedade de batata desenvolvida pela UPF. A atividade ocorrerá às 10h.

Laboratório de Sementes
O Laboratório de Sementes (LAS) além de dar informações sobre os serviços que o laboratório presta aos agricultores, terá exposição de amostras de sementes e distribuição de material informativo. No dia 7 de março de 2018, às 10h, o laboratório fará o lançamento de nova variedade de aveia desenvolvida pela UPF.

Laboratório de solos
Uma equipe do Laboratório de Solos estará na Feira repassando informações sobre os serviços oferecidos. Além disso, fará a exposição de amostras de solos, repassará informações sobre adulteração de adubos e distribuirá material informativo.

Muzar
O Museu Zoobotânico Augusto Ruschi (Muzar) apresentará a exposição “Dispersão:  manutenção da vida”, em que mostrará os mecanismos utilizados pelas plantas para que suas sementes alcancem locais onde novas gerações podem ser estabelecidas, destacando os agentes dispersantes vento, água e, em especial, animais.

Além dessa exposição, o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS), em parceria com o Museu Histórico Regional (MHR) e com o Muzar, apresentará, na forma de exposição, o Projeto Rio Passo Fundo: patrimônio paisagístico, natural, ambiental, histórico-cultural, econômico e político, selecionado pelo Programa CAIXA de apoio ao Patrimônio Cultural Brasileiro – 2017/2018.