Notícias UPF

Projur Mulher e Diversidade tem encontro com juíza de Sarandi

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

O projeto de extensão Projur Mulher e Diversidade, do Campus de Sarandi da Universidade de Passo Fundo (UPF Sarandi) realizou um encontro com a juíza de Direito da Comarca de Sarandi, Andréia dos Santos Rossatto, no dia 9 de abril. Na atividade, que esteve sob a coordenação da professora Fátima Pithan, foram explanados os objetivos da implementação do Programa junto à comunidade. 

Na ocasião, também foi relatado à extensa demanda de processos que tramitam na Comarca de Sarandi referentes à Lei nº 11.340 (Lei Maria da Penha). Dentre os objetivos da implantação do projeto no município, está o atendimento as mulheres em situação de violência doméstica e filhos, nas áreas civil e criminal, nos termos da lei Maria da Penha, bem como promover encontros e eventos sobre igualdade de gênero, direitos humanos e fundamentais na promoção e multiplicação da cidadania e emancipação social da mulher.

Além disso, o projeto buscará compreender a complexidade da violência doméstica em decorrência dos vínculos afetivos e estudar formas sistemáticas de solução dos conflitos advindos da violência doméstica, além de fornecer atendimento jurídico-processual e disseminar informações a respeito de direitos humanos, direito da mulher e lei Maria da Penha, levando o Projur Mulher para a comunidade.

Os atendimentos do Projur Mulher e Diversidade serão realizados junto ao Campus de Sarandi, situado na Avenida Expedicionário 64 A. O espaço estará aberto de segunda a quarta-feira, durante a tarde.