Notícias UPF

Projeto Modos de Ver recebe visita de egressa e professora da FAC

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação/UPF

O Projeto Modos de Ver Metodologias em Artes Visuais para Deficientes Visuais, da Faculdade de Artes e Comunicação da Universidade de Passo Fundo (FAC/UPF), recebeu, na sexta-feira, dia 29 de setembro, a visita da egressa e professora da FAC Marilei Teresinha Dal Vesco. Ela foi convidada pela coordenadora do projeto, professora Margarida Pantaleão, a participar do encontro da semana e trazer uma proposta plástica para desenvolver com o grupo de participantes do projeto que fazem parte da Apace.

Na oportunidade, Marilei desenvolveu a proposta “Descobrindo minha face, usando dedos como pincéis”. Para a professora Margarida, a atividade muda a forma de percepção do mundo, construindo uma identidade. “A transformação não ocorre somente no grupo de cegos, envolve também alunos bolsistas, voluntários e a coordenação”, disse.

Durante a atividade, ela explica que, inicialmente os participantes foram convidados a ouvir uma música e perceber os ruídos do ambiente e da chuva. “A proposta desenvolvida por eles utilizou tinta guache e permitiu que cada um descobrisse os detalhes de seu rosto. Com o toque, cada um pode identificar texturas e formas que desenham a anatomia da face humana através da pintura usando seus ‘dedos’ como pincéis sobre uma superfície”, aponta Margarida.

Para Marilei, ao desenvolver a proposta com o grupo, ela pode observar o quão amplo é o universo de significados da percepção de cada um. “O universo de significado da pessoa deficiente visual se constrói pela exploração do tato, da audição, do olfato e pela sensibilidade gustativa que passam a ser mais amplamente desenvolvidos”, avaliou.

Modos de Ver

Existente desde 2011, o projeto de extensão Modos de Ver é desenvolvido com o auxílio de dois bolsistas e de muitos voluntários dos cursos de Artes Visuais, Música, Design Gráfico, Design de Moda e Jornalismo.