Notícias UPF

Equipes da UPF chegam em Rondônia para operação do Projeto Rondon

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Bibiana de Paula Friderichs e Divulgação/Rondon

Acadêmicos e professores viajaram nessa terça-feira, 4 de julho, para Porto Velho onde participarão da Operação Rondônia Cinquentenário

Depois de mais cinco horas de viagem, acadêmicos e professores da Universidade de Passo Fundo (UPF) desembarcaram nessa terça-feira, 4 de julho, em Porto Velho, Rondônia, para participar de mais uma edição do Projeto Rondon. A Operação Rondônia Cinquentenário contará com a participação da dois conjuntos da UPF, A e C, coordenados respectivamente pelas professoras Ana Migott e Nadja Hartmann, além das professoras coordenadoras adjuntas dos grupos, Vera Rosa Hass e Bibiana de Paula Friderichs. 

A UPF é a única Instituição com dois projetos selecionados para essa Operação e totaliza 20 rondonistas, a maior equipe de uma única universidade. Ao todo, a Operação Rondônia Cinquentenário contará com a participação de 310 rondonistas e 30 Instituições de Ensino Superior do Brasil. De acordo com a coordenadora do conjunto C, professora Nadja Hartmann, a Operação Cinquentenário é considerada um marco. “Ela é histórica e especial porque está voltando para Rondônia, onde tudo começou, e está comemorando os 50 anos da Operação Zero do Projeto Rondon, realizada em 1967”, destacou a professora. 

O conjunto A será responsável pelas atividades nas comunidades ribeirinhas do Baixo Madeira, fazendo uma operação fluvial. O trabalho será desenvolvido nas áreas de cultura, com dança, teatro, cinema, oficinas de escrita, fotografia e gincanas; de direitos humanos e justiça, com palestras, oficinas e rodas de conversa; de educação, com cursos, oficinas e atividades para promover a leitura; e na área da saúde, com várias oficinas e minicursos.

Já o conjunto C, formado por acadêmicos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, vai realizar a cobertura em cada um dos 15 municípios onde as demais Instituições de Ensino Superior (IES) realizarão seus trabalhos. A equipe também será responsável por cobrir todas as solenidades e eventos oficiais do projeto, além de ter sido selecionada para fazer o livro do cinquentenário, que será finalizado na volta da Operação. 

O trabalho das equipes da UPF e das demais instituições durante a Operação Cinquentenário poderá ser acompanhado pelas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram) do Projeto Rondon - Ministério da Defesa e também por boletins diários na Rádio UPF.