Notícias UPF

Encontros definem cronogramas de aulas do Cursinho Pré-Vestibular Popular e Comunitário UPF

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Camila Guedes

As inscrições serão feitas a partir do dia 26 de março. Aulas serão gratuitas e destinadas a alunos de baixa renda de Passo Fundo e região

Foi realizada, na noite de segunda-feira, dia 12 de março, o primeiro encontro de educadores voluntários do projeto de extensão Cursinho Pré-Vestibular Popular e Comunitário, da Universidade de Passo Fundo (UPF). O encontro, que ocorreu no Campus III da UPF, reuniu educadores da área de Ciências Humanas para debater o cronograma de aulas que serão ministradas e também para definir os ajustes finais antes do início das inscrições. Outros dois encontros ainda devem acontecer na terça-feira, 13 de março, e na quarta, dia 14, com educadores das áreas de Ciências Exatas e Linguagens. 

Vinculado à Faculdade de Educação (Faed) e ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), o Cursinho Pré-Vestibular Popular e Comunitário prevê aulas gratuitas destinadas a alunos oriundos de escolas públicas, negros, indígenas, integrantes de movimentos sociais, beneficiários do Bolsa Família, transgêneros, refugiados e imigrantes. As aulas devem acontecer a partir da segunda semana de abril, no turno da noite, seguindo uma proposta aberta de criação de novas práticas educativas. 

Interessados em participar do cursinho poderão se inscrever nos dias 26, 27 e 28 de março, das 19h30min às 21h30min, na sala 15 do Campus III da UPF (UPF Idiomas). Os documentos necessários para a inscrição são:
- Cópia da carteira de identidade e/ou passaporte.
- Cópia do histórico escolar para alunos oriundos de escolas públicas. 
- Negros e indígenas: autodeclaração étnica simples, assinada, com nome completo e número do RG e/ou CPF. 
- Integrantes de movimentos sociais: declaração simples assinada contendo nome completo, número do RG/CPF, nome do movimento social, assinatura do responsável local do movimento (com assinatura e número do RG do coordenador).
- Beneficiários do Bolsa Família: comprovante que contenha nome do beneficiário e ou familiar, atestando o recebimento do benefício em 2018. 
- Transgêneros: declaração simples, assinada, com nome completo, RG e/ou CPF e/ou identidade com nome social, se tiver. 
- Refugiados e imigrantes: qualquer documento que ateste sua condição, juntamente com cópia do passaporte. 

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail cursinhoupf@gmail.com.