Notícias UPF

“Desafio Game 60 dias”: pós-graduação e graduação no desenvolvimento de jogos sérios

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação/UPF

O Grupo de Pesquisa em Sistemas Interativos e de Informação, do Programa de Pós-Graduação em Computação Aplicada da Universidade de Passo Fundo (PPGCA/UPF), promoveu, de 3 de julho a 1º de setembro, uma competição para alunos voluntários denominada “Desafio Game 60 dias”. A competição esteva relacionada à pesquisa “Diretrizes de usabilidade para o desenvolvimento de jogos sérios com interação gestual destinados à área da saúde”, da aluna do PPGCA Fernanda Milani, que coordenou a atividade, sob orientação dos professores Dr. Rafael Rieder e Dra. Ana Carolina Bertoletti De Marchi.

Na oportunidade, os alunos do curso de Ciência da Computação da UPF João Pedro Assunção Campos, João Pedro Mazuco Rodriguez, Luis Henrique Faé Barboza, Mateus Klein Roman, Leonardo Hollas e Cassiano Jovino Mandelli Stefani participaram da atividade, divididos em dois grupos. Egressos da UPF também participaram, supervisionando o desenvolvimento do game. Entre eles, estiveram presentes Mateus Trombetta e Naiguel Loat Cavassola.

Para os coordenadores da atividade, as contribuições do alunos foram valiosas e úteis para o andamento da pesquisa, resultando na criação de um novo nível de jogo, com duas interfaces 3D distintas para o game Motion Rehab AVE 3D.

Um exergame a serviço da reabilitação motora

O Motion Rehab AVE 3D é um exergame destinado à reabilitação motora de membro superior e equilíbrio de indivíduos que sofreram AVE. Para tanto, o jogo propõe uma maneira interativa de incentivar pacientes na realização de exercícios que exigem percepção espacial. Ele permite interagir com equipamentos de realidade virtual, com suporte para o sensor de movimentos Kinect, o Oculus Rift e o HTC Vive.

O game está registrado no INPI sob número BR 51 2016 001373-7, desenvolvido pelo grupo de pesquisa. Recentemente, o trabalho também foi publicado na revista “Computer Methods and Programs in Biomedicine”, publicação Qualis A2 na área de Ciência da Computação.