Notícias UPF

Curso de Artes Visuais apresenta exposição “A arte de colecionar – gabinete de curiosidades”

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Camila Guedes

Exposição integra a programação da Semana Nacional dos Museus

A comunidade acadêmica poderá conferir a exposição “A arte de colecionar – gabinete de curiosidades”. A mostra foi desenvolvida pelos acadêmicos do nível VII do curso de Artes Visuais – Bacharelado, da Universidade de Passo Fundo (UPF), na disciplina “Museu, memória e patrimônio”, ministrada pela professora e coordenadora do curso, Mariane Loch Sbeghen, e apresenta objetos que fazem parte das coleções individuais dos alunos, fazendo uma releitura dos antigos gabinetes de curiosidades, considerados como o pontapé inicial dos museus.

A proposta, segundo a professora Mariane, foi que os alunos trouxessem suas próprias curiosidades para serem apresentadas à comunidade acadêmica. “A proposta foi de fazer esse resgate e reflexão sobre o ato de colecionar e o que ele, depois, pode acarretar na questão da memória. As pessoas começam a adquirir as coisas tentando trazer um pouco do local que elas vão, ou de alguma experiência que elas viveram. Era essa proposta dos gabinetes de curiosidades. O resultado são coisas interessantes e comunicativas”, explicou a professora.

Os gabinetes de curiosidades foram lugares onde, durante a época das grandes explorações e descobrimentos dos séculos XVI e XVII, colecionava-se uma multiplicidade de objetos raros ou estranhos. Em função disso, os gabinetes são considerados os precursores dos museus e da ciência moderna. Para a coordenadora, os gabinetes nada mais eram do que pequenas coleções que, com o tempo, se tornaram grandes coleções. “O mais bacana é esse conceito dos estranhos que constroem a questão da tipologia do museu. Foi com esse tipo de obras que os museus nasceram”, completou a professora.

A exposição “A arte de colecionar – gabinete de curiosidades” integra as atividades da Semana Nacional do Museu, que ocorre até o dia 20 de maio em todo o país. O público poderá visitá-la até o dia 30 de maio, na Sala de Arte Laura Borges Felizardo, na Faculdade de Artes e Comunicação (FAC), Campus I da UPF.