Notícias UPF

Alunos do Integrado UPF realizam as rotas leitoras

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Gelsoli Casagrande

Duas turmas do Centro de Ensino Médio Integrado UPF (Integrado UPF) realizaram nesta semana, nos dias 18 e 19 de setembro, o percurso do Projeto Transversais: rotas leitoras. O projeto integra as ações da 16ª Jornada Nacional de Literatura e da 8ª Jornadinha Nacional de Literatura e tem o propósito de “jornalizar” a cidade. 

Os cerca de 60 alunos do Integrado UPF que realizaram as rotas leitoras fazem parte do primeiro ano do ensino médio e concluíram os trajetos durante as tardes de segunda e terça-feira. Os trajetos percorridos pelos estudantes estão associados às temáticas da Jornada: Rotas dos monstros e medos; Rota das imagens; Rota dos homenageados e Rota da igualdade. “A atividade integra a proposta de jornalizar a cidade fazendo dos espaços públicos um ambiente de leitura, de discussão e mesmo de ocupação em termos de uma nova forma de compreender a cidade, como espaço de convivência e não de trânsito apenas”, comenta um dos coordenadores das Jornadas Literárias, Miguel Rettenmaier.

As rotas leitoras são feitas por meio do aplicativo oficial da Jornada: o JornadApp, desenvolvido para os sistemas Android ou iOS. Uma das funcionalidades, o Projeto Transversais: rotas leitoras, permite que o caminhante ande pela cidade, por caminhos diversos, pelos pontos turísticos e locais históricos da cidade. Por meio de QRCodes espalhados por esses pontos, o caminhante aciona o código e terá acesso a informações das obras, além de atividades que podem ser desenvolvidas e que são relacionadas às temáticas trabalhadas nesta edição da Jornada. “A possibilidade de vivenciar a leitura fora do contexto escolar, permite, sem dúvida, que o jovem, além de interagir de forma lúdica com a cidade, transforme a leitura dos textos literários numa experiência que marca, que toca”, ressalta a também coordenadora das Jornadas Literárias, Fabiane Verardi Burlamaque.

A professora do Integrado UPF, Nara Marley Aléssio Rubert, destacou a importância da atividade. “Quando os jovens se aventuram nas rotas, a literatura cumpre o seu lado lúdico, misterioso, desafiador, com a ferramenta do aplicativo, o desafio dos QRCodes. Mas a estrela é a ‘palavra-arte’, ela é quem vai mostrar ‘os caminhos’. Lindo isso, não é? Toda a tecnologia ao seu dispor, mas a ação acontece em função da literatura”, declara a professora.

Sobre a Jornada
A 16ª Jornada Nacional de Literatura e a 8ª Jornadinha Nacional de Literatura são promovidas pela Universidade de Passo Fundo (UPF) e pela Prefeitura de Passo Fundo. Os eventos contam com os patrocínios do Banrisul, da Corsan, da Ambev, da Companhia Zaffari & Bourbon, da Ipiranga, da Panvel, da SulGás, da Triway e da TechDEC; com o apoio cultural da BSBIOS e do Sesi, patrocínio promocional da Capes, da Fapergs, da Italac e da Oniz, com a parceria cultural do Sesc, financiamento do Governo do Estado – Secretaria da Cultura – Pró-cultura RS LIC e realização do Ministério da Cultura. 

As inscrições para a Jornada e para a Jornadinha estão abertas e são limitadas. Para a Jornada, o público pode se inscrever tanto para o evento completo quanto para apenas uma das noites. Os interessados devem se inscrever no portal www.upf.br/16jornada. A programação completa também está disponível no site da Jornada. Informações podem ser obtidas pelo e-mail jornada@upf.br ou pelo telefone (54) 3316-8368.