Notícias UPF

Alunos como protagonistas do aprendizado

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Gelsoli Casagrande

Projetos Aluno Apoiador e Aula de Apoio realizaram encontro de encerramento das atividades do semestre

A Universidade de Passo Fundo (UPF), por meio do Setor de Atenção ao Estudante (Saes), ligado à Vice-Reitoria de Graduação (VRGRAD), realizou, na tarde dessa quarta-feira, dia 21 de junho, a cerimônia de encerramento do semestre dos projetos de extensão Aluno Apoiador e Aula de Apoio. O encontro ocorreu no auditório do CET, onde foram apresentados os resultados do programa.

Estiveram presentes no encontro a vice-reitora de Graduação Rosani Sgari, a vice-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários Bernadete Maria Dalmolin, e o vice-reitor Administrativo, Agenor Dias de Meira Junior. Também participaram o diretor do Campus Carazinho Hélio Bullau e o diretor do Campus Sarandi Gilberto Colli, a coordenadora do Saes, professora Silvana Terezinha Baumkarten, o coordenador dos “Projetos Aluno Apoiador e Aulas de Apoio”, Ivan Dourado, além de equipe técnica e alunos participantes do programa. “O projeto teve início em 2013, e, em 2014, tornamos os alunos apoiadores em bolsistas Paidex, em uma parceria com a Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários e também com a Vice-Reitoria Administrativa, viabilizando a permanência desses alunos para que continuem no projeto”, explicou a vice-reitora de Graduação. 

O programa apoia os acadêmicos da UPF, para que superem dificuldades, por meio de grupos de estudo com professores e colegas, possibilitando o aprofundamento de metodologias para melhor desempenho acadêmico. “A grande questão é como se ensina, como se faz um trabalho colaborativo. O projeto está de parabéns por proporcionar condições para o aprendizado”, destacou a vice-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários.

O “Projeto Aluno Apoiador” proporciona a permanência dos acadêmicos, seja por meio da mobilidade, de tradução dos materiais para alunos com algum tipo de deficiência, ou para os que possuem maior dificuldade de aprendizado em disciplinas específicas de seu curso, permitindo que os acadêmicos não lidem sozinhos com as dificuldades. “O projeto é muito importante para Instituição, possibilitando tanto para quem usufrui dele, alunos que recebem apoio, como para os alunos apoiadores, a ampliação do aprendizado”, destacou o vice-reitor Administrativo. 

Mais de 600 alunos participaram do projeto neste semestre

Conforme dados apresentados no encontro, o “Projeto Aluno Apoiador e Aula de Apoio” atendeu a 623 alunos ao longo do semestre, sendo 126 acadêmicos da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (Feac), 78 alunos da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária (FAMV), 30 do Instituto de Ciências Extas e Geociências (Iceg), 82 do Instituto de Ciências Biológicas (ICB), 204 da Faculdade de Engenharia e Arquitetura (Fear), um aluno da Faculdade de Educação (Faed), 12 alunos do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), 19 alunos da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (Feff), além de 71 alunos participantes das oficinas Comunicação, Expressão e Oratória, Liderança, Fazendo as pazes com o TCC, Metodologia de Projetos de Pesquisa. “Neste semestre, tivemos o número mais expressivo de alunos participando. Temos uma média de 70% a 80% de aprovação dos alunos que nos procuram, isso significa que, a princípio, sozinhos, eles repetiriam o semestre, não conseguindo concluir. Com o apoio, ele aumenta as possibilidade de êxito”, finalizou o coordenador do projeto.

De acordo com o estudante do 7º nível do curso de Engenharia Elétrica, José Augusto Canton, que participa do programa desde 2014, o projeto tem fator preponderante para o desempenho em sala de aula. “Quando comecei no programa, foi como aluno apoiado, e foi aí que vi a grande importância dele, porque nós viemos muitas vezes de um ensino médio com deficiências e entramos na faculdade com um impacto muito grande. Esse projeto nos possibilita que consigamos rever conteúdos para conseguir sanar as lacunas de aprendizado”, finalizou.