Notícias UPF

Ação do curso de Fonoaudiologia da UPF orienta mães sobre amamentação

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação/UPF

O projeto de extensão Prevenção e manejo dos distúrbios da comunicação e alimentação, do curso de Fonoaudiologia do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Passo Fundo (ICB/UPF), realizou uma ação em parceria com o Serviço de Fonoaudiologia do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) na Semana Mundial do Aleitamento Materno. A atividade foi orientada pelas professoras Me. Lisiane Siqueira, Dra. Ana Rita Brancalioni e Dra. Luciana Grolli Ardenghi.

O projeto visa desenvolver ações que promovam a prevenção dos distúrbios da Comunicação e alimentação. Para isso, envolveu-se nas atividades desenvolvidas no HSVP na Semana Mundial de Aleitamento, que conta com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). A semana tem o objetivo de facilitar e fortalecer a mobilização social para a importância da amamentação e foi realizada entre os dias 1º e 7 de agosto.

Conforme a professora Lisiane, que coordena o curso na UPF, a Fonoaudiologia se envolve diretamente com a amamentação, pois é com o aleitamento materno que ocorre o desenvolvimento da estrutura óssea e dos músculos da face, que posteriormente serão utilizados para mastigar e falar. Além disso, segundo ela, a amamentação contribui com a respiração nasal e afasta hábitos de sucção como bicos e mamadeiras. “O fonoaudiólogo atua na avaliação e no manejo das dificuldades de amamentação, avaliando e tratando dificuldades de sucção, ritmo e coordenação do recém-nascido para sugar/engolir e respirar”, explica.

Os acadêmicos do Projeto, acompanhados pela professora Lisiane e pela fonoaudióloga Laura Cristine Giacometti, participaram de um momento de orientação e, posteriormente, atenderam mães que estavam internadas na maternidade ou com seus bebês no berçário, na pediatria e na CTI Neonatal. Ao todo, foram seis encontros com os diferentes grupos, nos quais cerca de 30 mães receberam orientações dos mais de 20 acadêmicos envolvidos, dos cursos de Fonoaudiologia e Odontologia.

De acordo com a professora Lisiane, no HSVP, os acadêmicos realizaram uma dramatização para gestantes e informaram sobre a importância da amamentação para mãe e para o bebê, o posicionamento e a pega adequada, além das dificuldades e o manejo. “Essa ação auxiliou na promoção e no estímulo ao aleitamento materno e contribuiu na formação profissional dos acadêmicos, que puderam conhecer e vivenciar o aleitamento materno”, avalia ela.