Notícias UPF

A inovação conecta o curso de Design de Produto e o UPF Parque

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

A Universidade de Passo Fundo (UPF) tem um papel muito importante na condução da formação de seus acadêmicos. Diante disso, o curso superior de Tecnologia em Design de Produto atua de forma ativa por meio de seus docentes e juntamente com os acadêmicos no assessoramento das empresas vinculadas à Incubadora do Parque Científico e Tecnológico da UPF (UPF Parque).

O coordenador do curso de Design de Produto, professor Marcos Frandoloso, enfatiza que estas ações têm o objetivo de aliar a teoria com a prática, possibilitando que os acadêmicos tenham contato direto e de forma profissional com as empresas ali estabelecidas. “Essa experiência faz com que o acadêmico vislumbre as diversas oportunidades de atuação no mercado e as experiências proporcionadas pelo curso de Design de Produto no desenvolvimento e condução de projetos de produtos auxiliados pelos professores vinculados ao curso”, ressalta o professor.

As atividades e demandas das empresas são levadas ao curso a partir da UPFTec – Agência de Inovação Tecnológica da UPF. Por meio da coordenação do curso, as propostas são apresentadas aos acadêmicos e professores, podendo ser atendidas por meio de atividades de sala de aula (exercícios práticos), ou também pela elaboração de projetos de extensão, como prestação de serviço. Nesse caso, o envolvimento tanto dos professores como dos alunos tornam-se elementos motivadores na aprendizagem dos acadêmicos. Os resultados, muitas vezes, podem gerar produtos, patentes, artigos científicos, entre outros, que farão parte do currículo dos alunos e professores, conforme destaca o professor Marcelo S. Moreira, um dos docentes envolvidos.

Vale destacar, também, as experiências que ali são geradas no contato com os empresários e grupos de trabalho: o acadêmico participa de todo o processo, a começar pelo brieffing com a empresa, entendimento do problema, definições dos conceitos, formas, materiais a serem empregados, testes de validação, até a produção do produto e outras atividades também importantes no processo de design.

O curso de Design de Produto tem se empenhado nesta inovação do processo de ensino e aprendizagem, levando o acadêmico a ter contato direto com as empresas e empresários da incubadora e, por outro lado, tem contribuído com essas empresas, agregando valor aos produtos por elas desenvolvidos. 

Em 2017 foram realizados assessoramentos a empresas como a Inovamate e a Inel, que puderam experimentar a importância do design para um melhor posicionamento de seus produtos no mercado, se tornando um gerador de ganho de competitividade para as empresas que investem em pesquisa para ofertarem produtos inovadores aos consumidores.