Notícias UPF

7ª Coleta Digital ocorre nos dias 26 e 27 de maio

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Reprodução

Inciativa tem o objetivo de promover o recolhimento de equipamentos eletrônicos obsoletos, estragados ou sem uso. Coleta será realizada no estacionamento do Bourbon Shopping

A Universidade de Passo Fundo (UPF) realiza, nos dias 26 e 27 de maio, a 7ª edição da Coleta Digital. A inciativa tem o objetivo de promover o recolhimento de equipamentos eletrônicos obsoletos, estragados ou sem uso. O ponto de coleta será, como nos anos anteriores, o estacionamento do Bourbon Shopping. Poderão ser doados computadores, gabinetes, mouses, impressoras, monitores, teclados, discos rígidos, periféricos de computação, placas eletrônicas e equipamentos eletro-eletrônicos em geral. Baterias de celulares e pilhas não estão incluídas nos materiais a serem recolhidos.

De acordo com o coordenador da atividade, professor Evandro Luis Viapiana, após a coleta será feito o descarte correto dos equipamentos, conforme seu tipo e materiais usados na construção. “Todo o material arrecadado será encaminhado para a Recycle, uma empresa de reciclagem devidamente licenciada, que dará o destino correto dos equipamentos”, explica o professor. Todo o valor arrecadado com a venda dos equipamentos será revertido para a ONG Amor, entidade assistencial de Passo Fundo. 

Para Viapiana, o crescente uso de equipamentos de informática tem aumentado a preocupação com o destino correto desses resíduos quando estragam ou ficam obsoletos. “Se descartados de forma incorreta, esses materiais podem provocar a contaminação do solo e até mesmo do lençol freático, uma vez que possuem em sua composição substâncias químicas como chumbo, cádmio, mercúrio, berílio, entre outros. O descarte correto dos equipamentos beneficia o meio ambiente e, consequentemente, toda a sociedade”, destaca. Na última edição da Coleta Digital, foram coletados aproximadamento 2500 kg de lixo eletrônico.

A 7ª Coleta Digital é realizada por meio do curso de Ciência da Computação, do projeto de extensão Mutirão pela Inclusão Digital, do Grupo de Estudo e Pesquisa em Cultura Digital (Gepid), com o apoio da ONG Amor e do Léo Clube Passo Fundo.