Notícias UPF

Passo Fundo recebe escritor Leonardo Brasiliense

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Natália Fávero

“Adeus Conto de Fadas”, do escritor Leonardo Brasiliense, é o Livro do Mês

A Universidade de Passo Fundo (UPF) recebe neste mês o escritor Leonardo Brasiliense, autor da obra “Adeus Conto de Fadas”. A atividade faz parte da programação dos seminários do projeto O Livro do Mês e uma das ações aconteceu na quarta-feira, 28 de junho, no Teatro Municipal Múcio de Castro. O escritor também participa de outros encontros em Passo Fundo até o dia 30 de junho. As atividades são gratuitas e destinadas à comunidade acadêmica, à comunidade geral e às redes municipal, estadual e particular de ensino.

Durante o bate papo destinado ao público acadêmico e também para alunos da rede pública, no Teatro Municipal, o escritor falou sobre a obra composta por minicontos, sobre as características e particularidades dos minicontos e sobre o seu envolvimento com a literatura. “Sempre tive o hábito da leitura. O grande mérito do miniconto está no leitor, que precisa expandir o contexto presente nas entrelinhas, já que a narração acontece em poucas linhas. O miniconto é uma peça literária de chegada, mas quem vai ler precisa, na minha opinião, ter uma base de leitura mais tradicional, ler os clássicos e acompanhar as obras contemporâneas”, comenta o escritor.

Os alunos e professores da rede municipal de ensino participaram de um encontro com o escritor nesta quinta-feira, 29 de junho, no Teatro do Sesc. Já os estudantes e professores da rede estadual e particular de ensino encontram com o autor nesta sexta-feira, dia 30 de junho, às 9h, também Teatro do Sesc. 

Sobre o autor
Com seis livros publicados, Leonardo é natural de São Gabriel e formado em Medicina pela Universidade Federal de Santa Maria. Em seus minicontos, consegue conciliar rapidez e intensidade, tratando com sensibilidade e leveza aqueles dilemas comuns a todos os jovens. São histórias que ultrapassam as fronteiras de idade, e os conflitos apresentados podem ser considerados universais. A obra "Adeus Conto de Fadas" foi a vencedora do Prêmio Jabuti 2007 na categoria juvenil e também do Prêmio Açorianos de Literatura do mesmo ano.