Notícias UPF

Faculdade de Medicina UPF: tradição e qualidade com foco na modernidade

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Arquivo/UPF

A Faculdade de Medicina da Universidade de Passo Fundo (FM/UPF) une a tradição do ensino com a credibilidade. Criada em 1970, a FM já formou milhares de profissionais gabaritados, possibilitando que Passo Fundo se tornasse referência em saúde no Rio Grande do Sul e no Brasil.

O curso de Medicina da UPF forma profissionais para atuarem na rede pública ou privada de saúde, capacitando-os também para atuar em cargos de gestão. A graduação ocorre ao longo de 12 semestres, com aulas nos turnos da manhã, tarde e noite, limitado a dois turnos diários.

Segundo o diretor da unidade acadêmica, professor Gilberto Bortolini, o currículo do curso foi recentemente reformulado, contemplando a integração nas áreas de graduação, pesquisa e extensão. O novo Projeto Pedagógico do Curso (PPC) conta com uma grade curricular inovadora, que contempla, por exemplo, questões relacionadas à inserção do aluno, já no primeiro nível, no atendimento ao paciente, por meio da disciplina de Semiologia Médica.

Além disso, conforme Bortolini, a curricularização da pesquisa e da extensão permite ao aluno uma formação mais completa, ampliando e alavancando a produção científica. Possibilita, além disso, a inserção do estudante em assuntos comunitários, por intermédio das ligas e dos projetos de extensão, contemplando a interdisciplinaridade e a interprofissionalidade. “Fomentamos a iniciação à pesquisa, por isso, durante o curso, o aluno tem de produzir dois trabalhos científicos. Também atuamos junto à comunidade com cinco projetos de extensão e possuímos 29 ligas acadêmicas”, informou.

Como cenário de prática, a FM mantém convênio com os seguintes hospitais: Hospital São Vicente de Paulo, Hospital da Cidade, Hospital Municipal de Passo Fundo e Hospital de Caridade de Carazinho. No atendimento ambulatorial, os acadêmicos atuam junto às Unidades Básicas de Saúde e ao Ambulatório de Especialidades da FM UPF (instalado junto ao Hospital São Vicente de Paulo). “Nestes últimos anos, reformamos o prédio central da Faculdade de Medicina (Campus II), readequando-o de modo a atender às inovações da nova proposta pedagógica, com salas de aulas adequadas, anfiteatro, auditório e Laboratório de Habilidades, com simulações de atendimento e procedimentos nas mais diferentes disciplinas. Também tivemos a ampliação da biblioteca para os alunos”, informou.

Outra conquista está sendo a internacionalização da Faculdade de Medicina por meio de convênios com Portugal, Espanha, Itália e Estados Unidos. “O maior destaque da FM é a busca pela excelência. Isso se traduz pelo concorrido vestibular, pelo elevado número de candidatos para preenchimento de vagas abertas por desistência de alunos e pela procura de estágios de férias por alunos de outras faculdades. Nos concursos para Residência Médica, estamos, progressivamente, conseguindo aprovação nos Sserviços mais concorridos, tanto em nível local ou regional quanto em outros estados e mesmo no exterior. Incentivamos nossos ex-alunos com interesse na docência a completar sua formação ingressando em cursos de mestrado e de doutorado, retornando, após a conclusão desses estudos, para a sua Faculdade, perpetuando, assim, a busca pela excelência”, destacou.

Ainda conforme o Bortolini, a FM conta com um corpo docente qualificado formado por especialistas, mestres e doutores que estão em constante transformação por meio de treinamento continuado, mantendo-se atenta a novas metodologias de ensino e de avaliação.

A ex-professora das Faculdades de Medicina e de Farmácia, Lenita Wannmacher, recebeu em dezembro deste ano, da UPF, o título de Doutora Honoris Causa, homenagem que simboliza a qualidade do trabalho docente realizado na FM. “Nossos objetivos para 2018 são de cada vez mais aperfeiçoar o treinamento contínuo dos professores; desenvolver a pesquisa e a extensão e manter os programas de acolhimento e apoio aos alunos por meio da tutoria e do serviço de atendimento ao aluno, não apenas proporcionando aos nossos egressos uma excelente formação técnica, mas primando também pela sua formação humanística e cidadã”, finalizou o diretor. 

Mais informações sobre a Faculdade de Medicina UPF podem ser acessadas no site www.upf.br/fm.