Notícias UPF

Fear UPF está com inscrições abertas para especializações

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Reprodução

Inscrições podem ser realizadas até 18 de março de 2018

A Universidade de Passo Fundo (UPF), por meio da Faculdade de Engenharia e Arquitetura (Fear), está com inscrições abertas para especializações em Engenharia de Manutenção Industrial (2ª edição), Engenharia de Produção (10ª edição) e Engenharia de Segurança do Trabalho (11ª edição). Os participantes contarão com um corpo docente qualificado, ampliando seu conhecimento em torno dos temas contribuindo para uma melhor qualificação no mercado de trabalho.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 18 de março de 2018, com preenchimento de um formulário de inscrição e encaminhamento da documentação exigida para o e-mail fearpos@upf.br ou pelo correio. Para o primeiro semestre de 2018, a UPF está ofertando 27 especializações e oito MBAs nas mais diversas áreas do conhecimento. Mais informações podem ser obtidas por meio do site www.upf.br/ensino#lato-sensu.

Engenharia de Manutenção Industrial
A manutenção industrial é elemento sempre presente em equipamentos novos ou no processo de melhoria de equipamentos já obsoletos. O curso de pós-graduação em Engenharia de Manutenção Industrial forma profissionais com competência para conduzir a manutenção industrial nas plantas industriais e nos sistemas complexos de produção e de fabricação.

Engenharia de Produção
O curso especialização em Engenharia de Produção possibilita acesso ao conhecimento e aos recursos tecnológicos atuais, instruindo os profissionais da área da engenharia na aplicação desses. Possibilita, ainda, aos profissionais, conhecer e aplicar métodos de gerenciamento dos recursos empresariais, com foco na produtividade, na competitividade e na qualidade.

Engenharia de Segurança do Trabalho
O curso de especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho foi desenvolvido com o propósito de formar profissionais com capacidade de promover o desenvolvimento empresarial e a qualidade de vida dos trabalhadores, por meio de ações prevencionistas, evitando gastos dos empreendedores e tornando ambientes de trabalho mais seguros e mais humanos.