Notícias UPF

Estudantes da UPF participam da maior experiência tecnológica do mundo

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Caravana da UPF estará presente no Campus Party. Educação do futuro será destaque na programação do evento, que acontece de 30 de janeiro até 4 de fevereiro, em São Paulo

Ajudar a criar espaços para que a energia das novas gerações digitais encontre um lugar para reescrever o código fonte do mundo é a missão da Campus Party Brasil. Em sua 11ª edição, o evento que acontece no Centro de Exposições Anhembi, em São Paulo, de 30 de janeiro a 4 de fevereiro, promove o debate sobre educação do futuro, um dos principais temas da programação. Durante seis dias, o evento terá cerca de 750 horas de conteúdo. A Universidade de Passo Fundo (UPF) estará representada nas discussões com a participação de uma caravana.

A Campus Party terá como destaque desta edição a Academia Gamer, que oferece capacitações e conteúdos sobre o universo dos games; a Liga dos Desenvolvedores, com espaço dedicado à formação do Desenvolver de Software; e o Workshop Cyborg, uma oficina prática em que os participantes poderão criar suas próprias baratas ciborgues comandadas por placas Arduino. Além disso, tem como novidade a Campus Party Executive, que irá promover palestras e networking voltados para executivos, com foco no uso de tecnologia para a geração de negócios.

O professor da UPF Adriano Canabarro Teixeira ministrará a palestra: "O mundo precisa de universidades! Mas não as que nós temos…​" No dia 3 de fevereiro, às 10h30min, no palco Empreendedorismo. Segundo ele, são inúmeros os desafios a serem vencidos nas mais diversas áreas do conhecimento humano e a grande maioria delas demandam soluções criativas, inovadoras e disruptivas. Na palestra, Teixeira apresentará alternativas em desenvolvimento ao redor do mundo que buscam a retomada do valor das universidades para dar respostas ao mundo contemporâneo.

Conforme Teixeira, o evento é conhecido como a maior experiência tecnológica do mundo, que une jovens geeks em torno de um festival de inovação, criatividade, ciências, empreendedorismo e universo digital. “Estaremos junto com outras iniciativas e atividades bem interessantes discutindo o que o mundo exigirá em um curto espaço de tempo da educação ​e, em especial, das universidades”, afirma.

As demais atividades que farão parte desse evento paralelo estão disponíveis aqui.

UPF no Campus Party

Uma caravana da UPF estará presente no Campus Party, com a participação de mais de 40 alunos e professores. Individualmente, Teixeira tem participado há mais de cinco anos, mas esta é a primeira vez que um grupo da UPF se organiza para o evento. Para Teixeira, estar presente significa fazer parte de um movimento global que clama por um modelo educacional absolutamente diferente do que está implementado nas escolas e universidades. “Muito do que estará sendo discutido – como, por exemplo, uso da robótica na educação, desenvolvimento do pensamento computacional, tecnologia como forma de inclusão – compõe temática recorrente nas ações do Grupo de Pesquisa em Cultura Digital (Gepid) da UPF”, explica.