Notícias UPF

Atividade promove a qualificação e a ampliação dos horizontes profissionais para acadêmicos do curso de Pedagogia

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

Com o objetivo de qualificar as aulas de Fundamentos Metodológicos para o Ensino de Ciências Naturais, bem como para perceber os espaços profissionais que o curso possibilita, acadêmicos do curso de Pedagogia da Universidade de Passo Fundo (UPF), nível IV, dos campi Passo Fundo, Soledade e Carazinho, realizaram, no sábado, dia 4 de novembro, uma visita orientada.

De acordo com a professora Elisabeth Foschiera, que acompanhou a ação, o grupo visitou a Feira Ecológica que acontece todos os sábados na Praça da Mãe, para compreender a importância do trabalho sobre segurança alimentar e nutricional nas escolas. Na sequência, o grupo conheceu o Centro de Tecnologias Alternativas Populares (Cetap), entidade que presta assistência técnica para os agricultores da Feira Ecológica e conveniada à UPF por meio do Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA). O objetivo foi compreender como a agroecologia e a ecopedagogia podem ser inseridas nos processos de ensino aprendizagem nos conteúdos de ciências naturais. 

Os acadêmicos também visitaram o Museu Zoobotânico Augusto Ruschi (MUZAR) e o Mundo da Leitura, espaços do Campus I da UPF, que oferecem acervos para acadêmicos e para a comunidade, possibilitando qualificar o ensino de ciências naturais através de bibliografias, metodologias, exemplares de animais, vegetais, entre outros materiais. 

Finalizando o roteiro, o grupo visitou o Primaves, criadouro conservacionista, localizado no distrito de Bela Vista, também conveniada com a UPF, integrando nove bolsistas de diferentes áreas do conhecimento. “Além de qualificar o conteúdo visto nas aulas, os acadêmicos puderam ampliar horizontes sobre a perspectiva de estágios, uma vez que em todos esses espaços são proporcionadas atividades de educação socioambiental, nas quais a inclusão de profissionais da área da Pedagogia seria fundamental, para qualificar os processos metodológicos e pedagógicos desenvolvidos. Segundo as acadêmicas, foi um momento de sair das quatro paredes e perceber que há muitas possibilidades de inserção profissional para o profissional da pedagogia”, destacou.