Notícias UPF

Acadêmicos do curso de Artes Visuais da UPF participam de painel sobre arte e sociedade contemporânea

  • Por: Assessoria de Imprensa
  • Fotos: Divulgação

A noite dessa terça-feira, dia 8 de novembro, foi de troca de experiências e conhecimento durante o painel Interdisciplinar Arte e Sociedade Contemporânea. A atividade, promovida pelo curso de Artes Visuais, ocorreu na Faculdade de Artes e Comunicação (FAC), Campus I, e integrou as atividades desenvolvidas pela disciplina Arte e Sociedade, ministrada pela professora Me. Margarida Pantaleão. Participaram da atividade a artista plástica e ex-professora da UPF Maria Lucina Bueno e o colecionador de arte Paulo Dala Corte.

O objetivo da atividade, segundo a professora, foi de proporcionar aos alunos uma visão das relações entre arte, cultura e sociedade sob o enfoque das identidades e manifestações culturais no mundo contemporâneo. “Essa leitura do mundo pode funcionar como uma forma de embasamento de suas atividades na área de artes, bem como ser introdutória aos elementos e conceitos fundamentais da práxis artística como agente crítico e reflexivo de seu processo cultural em diferentes instâncias sociais”, explica Margarida.

Maria Lucina explanou sobre sua trajetória artística e sobre sua pesquisa na área de pigmentos naturais como uma alternativa para a pintura artística. Falou ainda sobre sua dedicação à arte há 42 anos, tendo como temáticas principais a figura humana e a natureza, além de levar exemplares de um de seus livros, que foram sorteados entre o grupo participante. Dala Corte é natural de Getúlio Vargas e possui uma vasta coleção de gravuras de artistas regionais e nacionais, com cerca de mil peças. Segundo ele, o colecionismo é mais do que uma paixão cultivada há cerca de 20 anos em sua vida, pois deseja construir a maior coleção de arte gravada no Rio Grande do Sul com trabalho, persistência e dedicação. O colecionador também levou várias peças de sua coleção para que os alunos pudessem ver.

Segundo Margarida, o painel teve como enfoque a análise e a reflexão crítica sobre arte e cultura como formas de conhecimento aos diversos integrantes da sociedade. “A ideia foi explanar sobre conceitos básicos pertinentes à obra de arte, ao mercado, ao mecenato artístico, ao estatuto do artista ao longo da história, bem como às questões referentes às trajetórias pessoais desenvolvidas pelos convidados”, ressaltou.

Participaram da atividade os alunos de licenciatura em Artes Visuais, da disciplina de Arte e Sociedade, que tiveram a oportunidade de conversar e esclarecer dúvidas sobre diferentes instâncias da arte na sociedade, seja através do ponto de vista da artista, pesquisadora e professora Maria Lucina, seja por meio do colecionismo de Paulo. Para a professora Margarida, foi um momento bastante significativo. “Foi um amplo espaço de reflexão crítica sobre a arte e as suas interconexões na sociedade contemporânea. Após as apresentações das convidadas, foi proposto um espaço de diálogo, aberto aos participantes, que esclareceram várias dúvidas em relação aos temas abordados”, frisou.